Notícias

“Creio que Tu És a Cura” (Healer): Conheça a história da música

“Creio que Tu És a Cura”, sucesso do momento na voz doce marcante de Gabriela Rocha, é uma versão do sucesso internacional “Healer” de Mike Guglielmucci.

No Brasil, “Healer” ganhou algumas versões e já foi gravada por Suelen de Jesus com o nome “Cura”, Luciano Claw e Rodrigo Soeiro que gravaram como “Creio que tu és a cura”, além da Gabriela Rocha.  No meio internacional, Kari Jobe e Planetshakers também a regravaram.

A polêmica por trás da música

Mike Guglielmucci, autor de “Healer”, e ex-pastor da Planet Shakers Church, disse que foi diagnosticado com câncer terminal. Ao chegar em casa e sentar ao piano, teve uma grande inspiração e foi daí que surgiu a canção “Healer”. “Eu entrei no meu estúdio em casa e por alguma razão… Eu me sentei o piano e começou a adorar. Eu cantei aquela música do início ao fim. Foi quando percebi que eu estava chorando. Só então percebi que Deus havia me dado um presente incrível e eu percebi que esta canção ia ser a minha força”, fala Mike sobre “Healer”. A canção foi gravada pela Planetshakers e agradou muito o Hillsong que também a incluiu no repertório do CD “This Is Our God”. A canção estourou, principalmente impulsionada pelo testemunho do pastor Mike Guglielmucci, que aparecia cantando inclusive com balão de oxigênio. Healer tornou-se um hino de fé para os cristãos, muitos dos quais estão sofrendo de serias doenças e estavam orando por um milagre para Michael.

Veja vídeo onde Mike aparece com tubo de oxigênio cantando com Hillsong:

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=9RXBIIeltTo]
O que ninguém esperava era que tudo fosse uma farsa. Mike, nunca esteve doente! Segundo o site Adelaidenow, sequer a família de Mike sabia que tudo era mentira. A notícia caiu como uma bomba na mídia sendo noticiada no mundo inteiro. Além do sucesso, e claro do retorno financeiro a Mike por ser o autor da canção, ainda houve problemas com doações de pessoas sensibilizadas com a história do pastor.
Segundo as declarações de Mike, na verdade ele escondia o vício da pornografia. Veja algumas declarações dele: “Eu sou assim… viciado nesta coisa, e ela consome minha mente,” foram suas palavras sobre pornografia em sua primeira entrevista no programa Today Tonight. “… Estou doente e é por isso que vim trazer uma explicação sobre o que está acontecendo com o meu corpo”.

A vergonha de seu vício se manifestou fisicamente, resultando na queda de cabelo e expurgando seu corpo.

“Eu não sei como alguém pode fingir vomitar sobre si mesmo noite após noite, eu não sou um bom ator,” disse ele.

Para esconder o seu vício de sua esposa e família, sustentando por 2 anos a mentira sobre o suposto câncer, ele mandou e-mails falsos para seus familiares e líderes de sua igreja através de médicos inexistentes.

Ele disse “tenho vivido uma mentira por um longo tempo. Tenho escondido quem eu sou por tanto tempo. Posso dizer honestamente que, fisicamente e emocionalmente, meus últimos 2 anos foram , para mim, um inferno, mas que eu nunca disse a mim mesmo… vamos tentar enganar o mundo.”

Mike era considerado na Austrália como um superstar cristão, que inspirou milhares de pessoas cantando a canção “The Healer” com um tubo de oxigênio no nariz. O pai de Mike, o Sr. Guglialmucci, que afirma ter escrito esta canção, também insistiu que todo o dinheiro recebido através dos direitos desta canção fosse devolvido.

Apesar disso, a música é sucesso até hoje, como pode-se ver pela quantidade de versões.

Sobre o Autor

Danilo Andrade

Editor responsável pelo portal O Propagador, consultor de design e marketing na gravadora Celebrai Music, assistente Serviço Social.

Adicionar comentário

Clique aqui para deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *