Top 10

TOP 10 – As principais bandas do rock cristão brasileiro

rock cristão

O rock cristão no Brasil sempre foi um baluarte de músicas agradáveis e criativas, que sempre procuraram falar de temas os quais outros gêneros, dentro do meio gospel, nunca se propuseram a falar. Com os primeiros grupos e artistas datando dos anos 60/70, sofreu alta repressão, como a banda Êxodos, mas, a partir dos anos 80 e, principalmente nos anos 90, sofreu forte expansão, chegando ao mainstream. Pensando nisso, decidimos montar uma lista das principais bandas do rock cristão nacional. Confira!

Sinal de Alerta

O Sinal de Alerta foi formado na primeira metade da década de 80, com uma proposta quase idêntica ao Rebanhão. No entanto, este grupo foi alcançando sua identidade própria, e colecionou alguns sucessos, como “Creio”. Seu álbum mais elogiado e respeitado é Manhãs de Outono, de 1987, que se propôs a discutir questões da época, o cristianismo e a cidade.


Novo Som

Surgida no final dos anos 80, o Novo Som é uma banda mais pautada no pop rock, com algumas letras mais românticas. Seu trabalho acabou sendo fortemente conhecido pelas composições de seu baixista, Lenilton, e dos vocais de Alex Gonzaga. Com mais de 25 anos de carreira, o Novo Som é, sem dúvida, parte do rock cristão nacional.


Catedral

O Catedral foi a mais conhecida banda de rock cristão dos anos 90, com vários sucessos que se expandiram pelo Brasil. Fundada por três irmãos, Kim, Cézar e Júlio, além do baterista Guilherme Morgado e de Glauco Mozart, tecladista, permaneceu até o fim dos anos 90 apenas no mercado evangélico, quando decidiu expandir suas fronteiras, o que gerou várias polêmicas. Com a morte de Cézar, seguiram na ativa até 2015, quando anunciaram o fim de suas atividades.


Stauros

Conhecida pelo clássico álbum O Sentido da Vida, o Stauros é, talvez, o maior representante do metal cristão. Após dois discos em inglês voltados para o mercado estrangeiro e com alguns anos de hiato, a banda voltou às atividades nos últimos anos, e lançou em 2014 o álbum Vale das Sombras.


Katsbarnea

Fundada por muitos integrantes, o Katsbarnea começou suas atividades como uma banda extremamente eclética, com influência do rock, pop, soul, funk, fazendo extremo sucesso com a canção “Extra”. Por pressão da liderança da Renascer em Cristo, o grupo teve sua formação reformulada, com um som mais pautado no rock. O vocalista e compositor Brother Simion foi a principal figura destes anos, até que anunciou o fim da banda para seguir em carreira solo. No entanto, o grupo foi reformulado com outros integrantes. Atualmente, nos vocais de Paulinho Makuko, passaram pelo grupo, também, o guitarrista Déio Tambasco, o baixista Jadão e o baterista Marcelo Gasperini.


Fruto Sagrado

Fundada por Marcão, Bênlio Bussinguer, Flávio Amorim e Marcos Valério, se estabeleceu com os três primeiros, por mais de dez anos. Mais tarde, com a saída de Flávio, a banda se estabeleceu com Bene Maldonado e Sylas Jr. Conhecida por fortes críticas, o Fruto Sagrado colecionou sucessos e polêmicas. Atualmente, segue com Bene, Sylas e o cantor Vanjor.


A mais conhecida banda católica do rock cristão, o Rosa de Saron também passou por fortes mudanças de sonoridade e formações. Inicialmente pautada no heavy metal, tendeu seu som para o rock alternativo e o pop rock após a entrada de seu atual vocalista e principal compositor, Guilherme de Sá. O baixista Rogério Feltrin é o único integrante da formação inicial. O trabalho da banda alcançou sucesso tanto no meio cristão e secular após seu ingresso na gravadora Som Livre.


Rebanhão

O Rebanhão foi fundado por Janires e Pedro Braconnot, dois músicos recém-convertidos. Com a adesão de Carlinhos Felix, Paulo Marotta e Kandell, a banda lançou dois discos de sucesso na liderança de Janires, os quais foram fortemente polêmicos, embora chegassem a ser executados em rádios seculares, divulgando músicas como “Baião”, “Taças de Cristais”, “Hoje sou Feliz”, “Refúgio”, entre outras. Com a saída de Janires, o tecladista Pedro, juntamente com Carlinhos Felix e Paulo Marotta fizeram parte da formação clássica, fazendo sucessos como “Palácios”, “Primeiro Amor” e “Nele Você Pode Confiar”. No início dos anos 90, Felix e Marotta saíram, e Braconnot seguiu na ativa até 2000 com outros músicos. Em 2014, a formação clássica, juntamente com o guitarrista Pablo Chies, anunciou retorno.


Resgate

O Resgate recebe o segundo lugar, sendo fundado por amigos de infância: Zé Bruno, Hamilton Gomes, Marcelo Bassa e Jorge Bruno pertencem a esta formação que dura desde 1989. O quarteto coleciona sucessos e álbuns clássicos, como On the Rock (1995) e Praise (2000). Com a entrada de Dudu Borges em 2005, sua sonoridade amadureceu, principalmente com o elogiado Ainda não É o Último (2010), que aumentou bastante a popularidade do grupo. Com a saída de Dudu em 2012, a banda segue na ativa e ampliando o seu legado na história do rock cristão nacional.


Oficina G3

O primeiro lugar vai para a Oficina G3, de longe a banda mais famosa do rock cristão. É conhecida, principalmente, por conta de seu guitarrista, principal compositor, líder e fundador, Juninho Afram. Sua notoriedade também se deve aos músicos de longa data Duca Tambasco e Jean Carllos. Seus primeiros anos foram marcados com a participação de Luciano Manga e Water Lopes. Nesta formação, o grupo lançou seu maior clássico, o álbum Indiferença (1996). Com a entrada do cantor PG, o grupo tendeu a uma proposta mais pop rock e fez sucesso com o CD O Tempo (2000). Depois que PG saiu e Afram assumiu os vocais, Além do que os Olhos Podem Ver (2005) foi produzido. Em 2008, o cantor Mauro Henrique ingressa, com o sucesso da canção “Incondicional” e seu projeto, Depois da Guerra.


O que achou deste nosso TOP 10 das bandas de rock cristão nacionais? Concorda, discorda? Comente e compartilhe com todos, sua opinião é importante!

Sobre o Autor

Equipe O Propagador

O portal O Propagador atua deste 2011, noticiando sobre o mundo musical cristão, na cena nacional e internacional.

Adicionar comentário

Clique aqui para deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *