Top 10

TOP 10 – músicas de crítica aos fariseus

fariseus

Os fariseus, ou mais claramente, a prática do farisaísmo, é algo bastante criticado no meio cristão. Várias canções, especialmente por bandas de rock, foram gravadas tratando do tema, que nunca sai de moda. Por isso, selecionamos algumas canções sobre o tema aqui no O Propagador.

Pedrada – Rayssa e Ravel

A dupla Rayssa e Ravel abre a lista, com a canção “Pedrada”. Referente a julgamentos e avaliações depreciativas, a música diz que com as pedras lançadas, o eu lírico já pode construir uma edificação com elas. (2015)

Irmão Juiz – Adriano Gospel Funk

O nono lugar vai para o cantor Adriano Gospel Funk, que gravou “Irmão Juiz”, concentrando-se em fariseus que criticam gêneros musicais. “Irmão engraçado, fala tudo sem pensar / Ele vem com suas pedras preparado pra atacar / Critica, pertuba, não faz nada pra ajudar / Seu prazer é abrir a boca / Só pra poder condenar” (2005)


Fariseu – DJ Alpiste

No início da carreira, DJ Alpiste gravou a canção “Fariseu”, sobre um sujeito que é um lobo disfarçado de ovelha. Nos versos, o cantor diz: “É lamentável sua falta de dignidade / Sua mentira, hipocrisia, desonestidade / Não foi pra isso que um dia Ele morreu / Pra você levar a vida como um fariseu“. (1997)


Sistemas – Gisele Nascimento

Gisele Nascimento recebe o sétimo lugar com “Sistemas”. Esta canção, que faz parte do álbum Janelas da Alma, trata diretamente da religiosidade, dos valores perdidos e da venda da fé. O eu lírico, por sua vez, diz que não se venderá tão facilmente a este mundo e seguirá fiel. (2015)


A Lição – Oficina G3

Sucesso da Oficina G3, é uma das canções mais conhecidas do álbum Além do que os Olhos Podem Ver, disco que critica diretamente a hipocrisia cristã, em diversas faixas. A canção questiona a dificuldade de se viver o que prega, e a distância entre pregar e viver o amor que tem acometido a muitos cristãos. (2005)


Cara de Pau – Discopraise

Um dos maiores sucessos do Discopraise, a canção “Cara de Pau” é um samba-rock divertido, que retrata um sujeito que usa do ‘jeitinho’ na vida cristã, levando pouco a sério sua fé, dando prioridade aos costumes para preservar sua imagem. (2007)


Doutores da Lei – Resgate

A banda Resgate também falou de farisaísmo em sua carreira, com a música “Doutores da Lei”, do clássico On the Rock. Escrita pelo vocalista Zé Bruno, e regravada ano passado, esta canção fala das tradições e costumes que, infelizmente, se sobrepõem a prática do amor. (1995)


A Volta dos que não Foram – Fruto Sagrado

A medalha de bronze vai para a banda Fruto Sagrado, com uma das faixas do disco Distorção. De sonoridade pesada, “A Volta dos que não Foram” é uma crítica direta e aberta aos fariseus, afirmando que pior é estar perdido dentro de casa, do que perdido fora dela. (2005)


Eu não Vou me Calar – PG

“Eu não Vou me Calar”, o segundo lugar, é uma das canções mais fortes da carreira solo de PG. Com sua sonoridade new metal, a música critica os que sabem o que devem fazer, mas não fazem, julgando as demais pessoas, e descumprindo a vontade de Deus. (2011)


Fariseu – Katsbarnea

O primeiro lugar vai para o Katsbarnea, que sob o comando de Brother Simion, escreveu “Fariseu”, para o disco Armagedom, produzido por Paulo Anhaia. A canção, com sonoridade experimental e com vocais operísticos, contou a com a participação de Duca Tambasco, baixista do Oficina G3, nos vocais. Vale a pena ouvir. (1995)

O que achou deste nosso TOP 10? Conhece mais canções que criticam fariseus? Comente e compartilhe com todos, sua opinião é importante!

Sobre o Autor

Equipe O Propagador

O portal O Propagador atua deste 2011, noticiando sobre o mundo musical cristão, na cena nacional e internacional.

Adicionar comentário

Clique aqui para deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *